Brasilia, 29 de novembro de 2018
Caros alunos,
Muito difícil descrever a experiência que passei aqui no sagrado. Foram 3 anos vividos
com tantos sentimentos que a gente acaba se perdendo, chegamos ao fim e definitivamente
não nos achamos ainda. Acontece que o ensino médio não foi feito pra te tornar alguém
completo, mas para descobrir como seremos alguém assim.
No meio desses corredores azuis e brancos, nunca passei tanta raiva e nunca vi tantos
sorrisos, a dualidade desse lugar me assusta. De fato, o lugar feito pra se conhecer de tudo
cumpriu sua missão, conhecemos alegrias, tristezas, amizades e, talvez, física e química.
Inevitável pensar na família que se estabeleceu aqui.

São dezenas de pessoas que te rodeiam e diariamente cuidam de você, te ensinam, gritam com você, te vêem chorando
(alguns mais regularmente que outros) e que acabam virando a sua casa mais do que o
lugar onde passa as noites.
Encerro com um agradecimento. Obrigada sagrado por me mostrar um caminho pra ser
quem eu quero ser, por todo o carinho, pela paciência que foi regularmente exercitada aqui
e por formar alunos com um coração fenomenal.
Com saudades,
Formanda.

(Por Ana Cristina Morbach e Júlia Faria)

Comente